» USP
» FFLCH
» Biblioteca
» Arethusa

Departamento de Filosofia

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Eventos

Curso de difusão: Introdução ao Emílio de Jean Jacques Rousseau

Com Thomaz Kawauche  (Pós-doutorando em Filosofia)

Aulas semanais a partir do dia 12 de agosto das 14h às 17h

Programação e Inscrições: 
http://sce.fflch.usp.br

Cartaz do evento     


Colóquio Internacional: Reinvenção da Dialética

50 anos de Diatética Negativa de Theodor W. Adorno
22, 23 e 24 de agosto de 2016

Conjunto Didático da Filosofia e Ciências Sociais - FFLCH-USP
Sala 14

Cartaz do evento 
Inscrição para o evento


Curso de Difusão "Em que Lacan poderia nos ajudar a repensar a fenomenologia?"

Dr. Ronaldo Manzi (Pós-doutorando em Filosofia )
Inscrição: 16/08 a 24/08/2016 
Período de Realização: 01/09 a 24/11/2016
Horário: Quinta-feira das 9:30 às 11:00 horas

Programa e inscrição do curso (sistema apolo)

 


Newton Fund Conference on the Philosophies of Mind, Language & Action

Sao Paulo, 19–23 September 2016

Chamada para trabalhos e outras informações:
https://sites.google.com/site/mindlanguageaction/Home


Pedro Paulo Garrido Pimenta
 

 


Histórico Acadêmico

  • 2005 Pós-Doutorado pela Universidade de São Paulo
  • 2002 Doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo
    Orientação: Profa. Dra. Maria Lúcia Mello e Oliveira Cacciola
    Título do trabalho: Imanência e finalidade na filosofia de Shaftesbury
  • 1997 Mestrado em Filosofia pela Universidade de São Paulo
    Orientação: Profa. Dra. Maria Lúcia Mello e Oliveira Cacciola
    Título do trabalho: A finitude da razão na filosofia prática de Kant
  • 1994 Graduação em Filosofia pela Universidade de São Paulo

Linha de Pesquisa

História da Filosofia Moderna

Pesquisaem desenvolvimento

Antropologia e História na época da Ilustração
Resumo: Um dos resultados mais imediatos do questionamento da metafísica como ciência, no Século das Luzes, é a descoberta ou invenção de um novo ramo do saber: as ciências humanas (também chamadas “sociais”). O objetivo da pesquisa é investigar o modo de constituição e articulação de tais ciências a partir do exame do conflito entre história e antropologia, aquela uma disciplina tradicional que se redefine como ciência da natureza humana, esta uma disciplina nascente, que contesta os termos em que a história circunscreve seu objeto – o homem. Tomando como ponto de partida vigorosas reflexões feitas a respeito por antropólogos contemporâneos (Lévi-Strauss, Evans-Pritchard), a pesquisa retorna ao Século XVIII e se detém no estudo de autores que se envolveram na disputa pela hegemonia do novo saber (Hume, Smith, Ferguson e outros escoceses; Rousseau, Condillac; Kant, Herder; os Idéologues), para neles encontrar a formulação de problemas até hoje pertinentes para as ciências humanas. A investigação privilegia a questão da linguagem, a partir da qual se definem, na época da Ilustração, a natureza, o alcance e os limites da nova espécie de conhecimento.

Orientações em andamento

Doutorado

  • Edna Amaral Andrade Adell 
     
    O Surdo-mudo na Teoria dos Signos no Século das Luzes
  • Eveline Campos Hauck
     
     
  • Leonardo André Paes Müller
     
    Imaginação e sistema em Adam Smith
  • Leonardo Rennó Ribeiro Santos
     
    O cultivo das Faculdades na Antropologia de Kant (FAPESP) 
  • Thiago Nantes Tedesco
     
     

Mestrado
  • Dario de Queiroz Galvão Neto
     
     
  • Fernanda Diamant Salles Gomes
     
     
  • Henrique Fernandes Xavier Torres
     
    Método e Materialismo em Diderot
  • Lara Pimentel Figueira Anastacio
     
    Subjetividade e Verdade: o cuidado de si em Michel Foucault
  • Lourenço Fernandes Neto e Siulva 
     
    O Tratado dos Animais de Condillac

Atualizado em 06/10/2015

Av. Prof. Luciano Gualberto, 315 CEP: 05508-900 - Cidade Universitária São Paulo - SP / Brasil