» USP
» FFLCH
» Biblioteca
» Arethusa

Departamento de Filosofia

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Eventos

XIX Encontro Nacional de Pesquisa na Graduação em Filosofia da USP

Inscrições para o XIX Encontro Nacional de Filosofia da USP em “Inscrição” no blog encontrodefilosofiausp.blogspot.com.br do dia 11 de novembro de 2015 ao dia 05 de março de 2016.

Postal do evento


Conferências sobre Filosofia

Dia 04 de fevereiro de 2016

14h00 – Sala 08
"A História da Inglaterra como História da Lei”
Profa. Dra. Maria Isabel Papaterra Limongi (UFPR)
 
16h00 – Sala 08
"David Hume, Adam Smith and the Science of man”
Prof. Dr. Nicholas Tindal Phillipson (Universidade de Edimburgo).

Cartaz do evento
Inscrições para o evento


Aula Inaugural 2016: “Melhorai as opiniões dos homens e seus costumes purificar-se-ão por si mesmos”


Prof. Milton Meira do Nascimento
 
Dia 18 de fevereiro de 2016 às 19h00 - Sala 14
 

Newton Fund Conference on the Philosophies of Mind, Language & Action

Sao Paulo, 19–23 September 2016

Chamada para trabalhos e outras informações:
https://sites.google.com/site/mindlanguageaction/Home


Pedro Paulo Garrido Pimenta
 

 


Histórico Acadêmico

  • 2005 Pós-Doutorado pela Universidade de São Paulo
  • 2002 Doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo
    Orientação: Profa. Dra. Maria Lúcia Mello e Oliveira Cacciola
    Título do trabalho: Imanência e finalidade na filosofia de Shaftesbury
  • 1997 Mestrado em Filosofia pela Universidade de São Paulo
    Orientação: Profa. Dra. Maria Lúcia Mello e Oliveira Cacciola
    Título do trabalho: A finitude da razão na filosofia prática de Kant
  • 1994 Graduação em Filosofia pela Universidade de São Paulo

Linha de Pesquisa

História da Filosofia Moderna

Pesquisaem desenvolvimento

Antropologia e História na época da Ilustração
Resumo: Um dos resultados mais imediatos do questionamento da metafísica como ciência, no Século das Luzes, é a descoberta ou invenção de um novo ramo do saber: as ciências humanas (também chamadas “sociais”). O objetivo da pesquisa é investigar o modo de constituição e articulação de tais ciências a partir do exame do conflito entre história e antropologia, aquela uma disciplina tradicional que se redefine como ciência da natureza humana, esta uma disciplina nascente, que contesta os termos em que a história circunscreve seu objeto – o homem. Tomando como ponto de partida vigorosas reflexões feitas a respeito por antropólogos contemporâneos (Lévi-Strauss, Evans-Pritchard), a pesquisa retorna ao Século XVIII e se detém no estudo de autores que se envolveram na disputa pela hegemonia do novo saber (Hume, Smith, Ferguson e outros escoceses; Rousseau, Condillac; Kant, Herder; os Idéologues), para neles encontrar a formulação de problemas até hoje pertinentes para as ciências humanas. A investigação privilegia a questão da linguagem, a partir da qual se definem, na época da Ilustração, a natureza, o alcance e os limites da nova espécie de conhecimento.

Orientações em andamento

Doutorado

  • Edna Amaral Andrade Adell 
     
    O Surdo-mudo na Teoria dos Signos no Século das Luzes
  • Eveline Campos Hauck
     
     
  • Leonardo André Paes Müller
     
    Imaginação e sistema em Adam Smith
  • Leonardo Rennó Ribeiro Santos
     
    O cultivo das Faculdades na Antropologia de Kant (FAPESP) 
  • Thiago Nantes Tedesco
     
     

Mestrado
  • Dario de Queiroz Galvão Neto
     
     
  • Fernanda Diamant Salles Gomes
     
     
  • Henrique Fernandes Xavier Torres
     
    Método e Materialismo em Diderot
  • Lara Pimentel Figueira Anastacio
     
    Subjetividade e Verdade: o cuidado de si em Michel Foucault
  • Lourenço Fernandes Neto e Siulva 
     
    O Tratado dos Animais de Condillac

Atualizado em 06/10/2015

Av. Prof. Luciano Gualberto, 315 CEP: 05508-900 - Cidade Universitária São Paulo - SP / Brasil