» USP
» FFLCH
» Biblioteca
» Arethusa

Departamento de Filosofia

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Eventos

Práticas de leitura e escrita acadêmicas


De 25 de junho à 06 de março

Trata-se de um curso livre destinado aos estudantes de graduação da FFLCH que foi elaborado e será ministrado por um grupo de professores da faculdade. É uma iniciativa de  caráter experimental e voluntária a ser avaliada por todos os participantes com vistas a programar uma disciplina optativa interdisciplinar com o objetivo abaixo explicitado.

I – OBJETIVO


VIII Colóquio Nacional Filosofia da História


Chamada para trabalhos
 

VIII Colóquio Nacional Filosofia da História
Tempo, História e Sociedade
Homenagem à Profa. Maria das Graças de Souza

25 e 26 de Maio de 2015 – Aracaju/SE
28 e 29 de Maio de 2015 - São Paulo/SP

COORDENAÇÃO GERAL
1. Prof. Dr. Antônio Carlos dos Santos (UFS)

COMISSÃO ORGANIZADORA
2. Prof. Dr. Luis César Oliva (USP)
3. Prof. Dr. Alberto G. R. de Barros (USP)

Apoio: PPG em Filosofia da UFS, PPG em Filosofia da USP, CAPES, FAPESP, FAPITEC-SE.

Informações
Inscrições para comunicações (até 20 de março)


XVIII Encontro de Graduação em Filosofia da USP

Inscrições abertas de 22 de dezembro a 5 de fevereiro

Realização do encontro de 25 a 29 a maio de 2015

Informações e inscrições:
http://encontrodefilosofiausp.blogspot.com.br/


Pedro Paulo Garrido Pimenta
 

 


Histórico Acadêmico

  • 2005 Pós-Doutorado pela Universidade de São Paulo
  • 2002 Doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo
    Orientação: Profa. Dra. Maria Lúcia Mello e Oliveira Cacciola
    Título do trabalho: Imanência e finalidade na filosofia de Shaftesbury
  • 1997 Mestrado em Filosofia pela Universidade de São Paulo
    Orientação: Profa. Dra. Maria Lúcia Mello e Oliveira Cacciola
    Título do trabalho: A finitude da razão na filosofia prática de Kant
  • 1994 Graduação em Filosofia pela Universidade de São Paulo

Linha de Pesquisa

História da Filosofia Moderna

Pesquisaem desenvolvimento

Antropologia e História na época da Ilustração
Resumo: Um dos resultados mais imediatos do questionamento da metafísica como ciência, no Século das Luzes, é a descoberta ou invenção de um novo ramo do saber: as ciências humanas (também chamadas “sociais”). O objetivo da pesquisa é investigar o modo de constituição e articulação de tais ciências a partir do exame do conflito entre história e antropologia, aquela uma disciplina tradicional que se redefine como ciência da natureza humana, esta uma disciplina nascente, que contesta os termos em que a história circunscreve seu objeto – o homem. Tomando como ponto de partida vigorosas reflexões feitas a respeito por antropólogos contemporâneos (Lévi-Strauss, Evans-Pritchard), a pesquisa retorna ao Século XVIII e se detém no estudo de autores que se envolveram na disputa pela hegemonia do novo saber (Hume, Smith, Ferguson e outros escoceses; Rousseau, Condillac; Kant, Herder; os Idéologues), para neles encontrar a formulação de problemas até hoje pertinentes para as ciências humanas. A investigação privilegia a questão da linguagem, a partir da qual se definem, na época da Ilustração, a natureza, o alcance e os limites da nova espécie de conhecimento.

Orientações em andamento

Doutorado

Mestrado

 

Atualizado em 22/01/2013

Av. Prof. Luciano Gualberto, 315 CEP: 05508-900 - Cidade Universitária São Paulo - SP / Brasil