Vladimir Pinheiro Safatle

Versão para impressão

Bolsista PQ-2/CNPq

Vladimir latteaCV Plataforma Lattes
 e-mail:  vsafatle@yahoo.com
 página dos cursos:
graduação: http://filosofia.fflch.usp.br/docentes/safatle/aulas_grad
pós-graduação: http://filosofia.fflch.usp.br/docentes/safatle/aulas_posgrad
Academia: http://usp-br.academia.edu/VladimirSafatle
Latesfip: http://latesfip.wordpress.com/

Histórico Acadêmico

  • 2009 Livre-docência pela Universidade de São Paulo 
    Título: Grande Hotel Abgrund
  • 2002 Doutorado em Lieux et transformations de la philosophie - Université de Paris VIII, França. 
    Título: La passion du négatif: modes de subjectivation et dialectique dans la clinique lacanienne
    Orientador: Alain Badiou
  • 1997 Mestrado em Filosofia pela Universidade de São Paulo
    Orientador: Bento Prado de Almeida Ferraz Júnior
    Título: O amor pela superfície: Jacques Lacan e o aparecimento do sujeito descentrado
  • 1994 Graduação em Filosofia pela Universidade de São Paulo
  • 1994 Graduação em Comunicação social pela Escola Superior de Propaganda e Marketing

Linha de pesquisa

Teoria das Ciências Humanas

Teoria do reconhecimento
Objetivo: Pensar o conceito de reconhecimento a partir do que impõe limites ao paradigma comunicacional e à perpetuação de uma antropologia normativa baseada na perpetuação do conceito moderno de indivíduo. Tal reflexão parte da recuperação do conceito hegeliano de reconhecimento e procura absorver momentos fundamentais da crítica ao conceito moderno de sujeito presente na filosofia francesa contemporânea. As consequências de tal reconstrução do conceito de reconhecimento para uma teoria da ação é o principal objeto desta linha de pesquisa. 
Palavras-chave: reconhecimento; indeterminação.

Teoria do sujeito
Objetivo: Analisar a constituição de um conceito de sujeito desprovido dos limites da filosofia da consciência e dos atributos de identidade e substancia. Tal constituição se dá através da articulação entre psicanálise, filosofia moral e estética, além de sustentar-se na reflexão sobre a tradição das ontologias da subjetividade fundadas na reconhecimento da natureza ontológica da negatividade.. 
Palavras-chave: inconsciente; subjetivação.

Experiência estética musical e a reconstrução dos modelos de crítica
Objetivo: Pensar a experiência estética musical como setor fundamental para o desenvolvimento de modelos de pensamento crítico. tais modelos não são restritos apenas à dimensão estética, mas tem força de indução no campo da crítica social e da crítica da razão.. 
Palavras-chave: expressão.

Pesquisa em desenvolvimento

O dissenso do reconhecimento: Estudo sobre a articulação entre política e psicanálise em dois modelos de recuperação do conceito hegeliano de Anerkennung
Resumo: Os últimos vinte anos do debate filosófico e social viram a hegemonia do conceito de reconhecimento como operador central para a compreensão da racionalidade das demandas políticas. Recuperado, pela primeira vez nos anos trinta, através das leituras hegelianas de Alexandre Kojève, o conceito só foi explorado sistematicamente em sua dimensão propriamente política a partir do início dos anos noventa, em especial pela Terceira geração da Escola de Frankfurt (Axel Honneth). Esta segunda recuperação constituiu-se, no entanto, através de uma peculiar operação de reinstauração. Tudo se passou como se a vertente propriamente francesa do debate, devesse ser, em larga medida, ignorada para que o conceito pudesse encontrar a força política que lhe era de direito. Há de se perguntar, no entanto, se este silêncio não estaria, na verdade, a expressar a consciência muda de dois desdobramentos possíveis de um mesmo conceito de matriz hegeliana. Mas para analisar tal hipótese, devemos expor as possibilidades políticas inexploradas da recuperação francesa do conceito de reconhecimento. Este é o primeiro objetivo desta pesquisa. Neste caso, gostaria de me concentrar em sua matriz lacaniana por entender que ela é particularmente frutífera para tal discussão. Por outro lado, uma operação desta natureza, para não se reduzir a um exercício de correção de historiografia conceitual, deve partir da exposição dos limites da real força política de transformação social presente na recuperação frankfurtiana de uma teoria do reconhecimento; recuperação esta desenvolvida, sobretudo, por Axel Honneth. Ou seja, ela se justificaria por fornecer um modelo crítico aos usos contemporâneos do conceito de reconhecimento, mostrando suas limitações, mas aceitando, ao mesmo tempo, a pertinência do conceito como operador de compreensão da racionalidade das demandas políticas contemporâneas. Este é pois o segundo objetivo desta pesquisa.. 

Integrantes: Vladimir Pinheiro Safatle - Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
 

Orientações em andamento
 

Graduação

Bruno Belém 
Pesquisa: Repensar reforma e revolução
Agência financiadora: S/B

Guilherme Antônio Medeiros de Oliveira 
Agência financiadora: PUB ( Programa Unificado de Bolsa - Pró Reitoria de Graduação USP)

Marcus Vinicius  da Conceição Felizardo 
Pesquisa: Identidade e reconhecimento na Fenomenologia do Espírito
Agência financiadora: PUB ( Programa Unificado de Bolsa - Pró Reitoria de Graduação USP)

Paulo Henrique Pereira Mota
Pesquisa: A Relação de revolução e essência humana no jovem Marx
Agência financiadora: CNPq

Vítor Beghini Barros
Pesquisa: Schoenberg e a filosofia adorniana da música
Agência financiadora: S/B

Mestrado

Felipe Catalani
Pesquisa:
Agência financiadora:

Felipe Fernandes Fagundes de Carvalho
Pesquisa: Ensaio sobre ética segundo Gilles Deleuze
Agência financiadora: FAPESP

Gabriel Ferri Bichir
Pesquisa: A Dialética em Kierkegaard: uma reconstrução crítica
Agência financiadora: CAPES

Régis de Melo Alves
Pesquisa: O conceito de Conceito (Begriff) na Ciência da Lógica de Hegel: da lógica transcendental à lógica especulativa
Agência financiadora: S/B

Yasmin Afshar Fernandes Abdollahyan
Pesquisa: O conceito de materialismo na dialética negativa de Theodor W. Adorno
Agência financiadora: S/B

Doutorado

Fábio Luís Ferreira Nobrega Franco
Pesquisa:
Agência financiadora:

Juliana Labatut Portilho
Pesquisa:
Agência financiadora:

Lucas Nascimento Machado
Pesquisa: O conceito de determinação e o problema da autodeterminação racional em Hegel
Agência financiadora: FAPESP

Takumi Imura
Pesquisa:
Agência financiadora:

Virginia Helena Ferreira da Costa
Pesquisa: Origens de “The Authoritarian Personality” – Estudos sobre Teoria Crítica, psicanálise freudiana e antropologia
Agência financiadora: CNPq

Ivan de Oliveira Vaz
Pesquisa: Emergência de uma teoria do sujeito: o pensamento de Alain Badiou nas décadas de 60, 70 e 80
Agência financiadora: S/B