Minicurso: Filosofia política e crítica das ideologias. Desafios contemporâneos para uma relação entre imanência e dialética

Versão para impressão
Profa. Mariana de Gainza (Universidade de Buenos Aires/Conicet)
Dias 27, 29 e 31 de agosto de 2018 das 14h às 18h.
Cartaz e Programação do evento: 
Local: 
Sala 008
Endereço: 
Conjunto Didático de Filosofia e Ciências Sociais, Av. Prof. Luciano Gualberto, 315 - Cidade Universitária, São Paulo - SP

Programa do minicurso em três sessões, entre 14:00 e 18:00

27/08

Espinosa e a crise do marxismo. A leitura hegeliana de Espinosa e a leitura espinosana de Marx. Materialismo e imanência. A diferença ontológica: a negação e a distinção. O problema da determinação e as concepções divergentes da causalidade. A singularidade do caso frente às leis da história: a repetição e a diferença históricas. O desejo e as paixões: imaginação, ideologia, ética e política. A duração, a eternidade e as temporalidades plurais. Autonomia, soberania e democracia.

29/08

Althusser e Deleuze: com Espinosa, contra Hegel. Críticas da dialética. A afirmação ética contra a filosofia do negativo. Sobre determinação e diferença. O problema da totalidade e a concepção da alteridade. A negação e a afirmação na discussão sobre a dimensão política dos discursos. Modos diversos do debate filosófico. Materialismo e realismo na teoria social e política. Dialética e imanência nos debates sobre a radicalidade democrática.

31/08

Laclau e Negri: entre a hegemonia e a autonomia. Teoria dos afetos e teoria da ideologia. O social constituinte e a autonomia do político. A compreensão jurídica da dinâmica social, o essencialismo do conflito central e a identificação estatal. Crítica das ideologias da multidão e das ideologias do Estado. Novos desafios para o pensamento emancipador.