Seminário Entre Aulas: Sartre ou a filosofia da tensão – uma proposta metodológica para a compreensão dos caminhos da “estética” à “moral”

Versão para impressão
Grupo evento
Dr.a Thana Mara de Souza (pós-doutoranda do programa de Pós-doutorado em Filosofia)
31 de agosto de 2016 das 18 às 19h30.

Certificados de ministrante - 31/08/2016
Certificados de participação - 31/08/2016

Local: 
Sala 105 (capacidade:36 lugares)
Endereço: 
Conjunto Didático de Filosofia e Ciências Sociais, Av. Prof. Luciano Gualberto, 315 - Cidade Universitária, São Paulo - SP

Resumo: Pretendemos mostrar, ao longo da pesquisa de pós-doutorado, como é possível compreender a filosofia de Sartre a partir de uma chave de leitura, que seria a de uma tensão entre a manutenção da distinção formal dos elementos e, ao mesmo tempo, a manutenção da indistinção concreta entre eles. Em quaisquer dos livros e temas, poderemos perceber que o filósofo francês os pensa de forma a juntar dois termos que são vistos sempre desse modo: juntos e ao mesmo tempo separados (percepção e imaginação; subjetividade e objetividade, consciência e mundo, prosa e poesia, ontologia e fenomenologia, universal e singular etc).

Essa questão ficará clara nos temas que trataremos no projeto: na “estética”, na ontologia e na “moral”. Mais do que esgotar cada temática – que exigiria outro tempo e outro modo de leitura – tentaremos demonstrar que todas elas devem ser compreendidas a partir de um mesmo modo de leitura; ou seja, que é possível “entrar” na filosofia de Sartre a partir dessa proposta de vê-la sempre a partir de uma tensão entre modernidade e contemporaneidade, entre estática e dinâmica, entre formal e concretude, entre separação de direito e inseparabilidade de fato