Seleção interna para solicitação de Bolsa SANDUÍCHE

Versão para impressão

Edital CAPES Nº 47/2017 - Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior 2017/2018

Tendo em vista as mudanças nos procedimentos de submissão ao presente Edital, Consulte para maiores informações sobre PROGRAMA DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR em: http://www.capes.gov.br/bolsas/bolsas-no-exterior/programa-de-doutorado-sanduiche-no-exterior-pdse

Período de inscrição de 02 a 31 de janeiro de 2018

 

O Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior – PDSE – objetiva oferecer bolsas de estágio em pesquisa de doutorado no exterior de forma a complementar os esforços despendidos, pelos programas de pós-graduação no Brasil, na formação de recursos humanos de alto nível para inserção nos meios acadêmico, de ensino e de pesquisa no país.


As bolsas são destinadas aos alunos regularmente matriculados em curso de doutorado no Brasil (com notas de 4 a 7 na avaliação quadrienal do ano de 2017 da Capes) e que comprovem qualificação para usufruir, no exterior, da oportunidade de aprofundamento teórico, coleta e/ou tratamento de dados e/ou desenvolvimento parcial da parte experimental da tese a ser defendida no Brasil.


O ofertamento dessa bolsa está condicionado a realização de um processo de seleção interna para atender ao Edital CAPES Nº 47/2017 - Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior 2017/2018 pelo Programa de Pós-graduação em Filosofia. 


Modalidade de bolsas e benefícios

Modalidade:

  • Doutorado Sanduíche

Benefícios:

  • Mensalidade
  • Seguro saúde
  • Auxílio deslocamento
  • Auxílio instalação
  • Auxílio cidade de alto custo

Duração: mínimo 6 (seis) e no máximo 12 (doze) meses.

Cada programa de doutorado fará jus a 01 (uma) cota para o ano de 2018 de 12 (doze) meses, o que equivale a 12 mensalidades. A quantidade de bolsistas pode variar, conforme o interesse da Coordenação do Programa, o mérito e a duração das propostas apresentadas.

Inscrição

  • Conferir calendário de inscrição nesta página.
  • O candidato deve apresentar Plano de Pesquisa e toda a documentação necessária para a seleção prévia à Comissão de Seleção de Candidatura do Programa de Pós-Graduação em Filosofia.
  • A Comissão fará a análise e seleção e, se aprovado, o candidato deverá fazer a inscrição online no site da Capes anexando a documentação exigida, para que seja homologada pela Pró-reitoria. A Pró-reitoria, deverá verificar a documentação pertinente à candidatura e validar as inscrições ao PDSE, mediante Homologação na página eletrônica da Capes, atendendo às cotas disponíveis na IES.
  • Para implementação da bolsa, o aluno aprovado deve enviar a documentação solicitada, em arquivo pdf, por meio de seu processo eletrônico, conforme orientação recebida.
  • Requisitos e condições devem ser observados conforme o regulamento de bolsas para o exterior e edital do programa PDSE.
  • É vedado o acúmulo de bolsa destinada à mesma finalidade, quando concedida por agência de fomento brasileira. Estudantes/pesquisadores que já usufruíram da bolsa no exterior não poderão ser contemplados novamente, na mesma modalidade, mesmo após o cumprimento do interstício exigido, exceto para bolsas de pesquisa pós-doutoral.

 

Para a inscrição nessa primeira etapa são necessários os seguintes documentos:
 

A documentação deverá ser anexada no formulário de inscrição eletrônico, no campo específico competente. Não serão aceitas inscrições submetidas por qualquer outro meio que não seja o informado no respectivo Edital.

 

  1. Currículo Lattes atualizado, extraído da plataforma Lattes;
  2.  Carta do(a) orientador(a) brasileiro(a), devidamente datada e assinada e em papel timbrado da instituição de origem, com a previsão de defesa da tese, justificando a necessidade do estágio e demonstrando interação técnico-científica com o coorientador no exterior para o desenvolvimento das atividades propostas;
  3. Carta do(a) coorientador(a) no exterior, devidamente datada e assinada e em papel timbrado da instituição, aprovando o plano de pesquisa com a identificação do título projeto e informando o mês/ano de início e término do estágio no exterior, de forma a se compatibilizar com o prazo definido pela IES brasileira;
  4. Currículo resumido do(a) coorientador(a) no exterior, o qual deve ter produção científica e/ou tecnológica compatível e a titulação mínima de doutorado;
  5. Carta de Aceite da instituição no exterior, na qual deve constar:
    a) Data (mês/ ano) de início e término das atividades;
    b)​ Duração do estágio, com perspectiva de conclusão dentro do prazo máximo estabelecido pela Capes;
  1. Histórico escolar do doutorado em andamento ou exame de qualificação.
  2. Cópia do RG se brasileiro(a) ou visto permanente no Brasil, caso estrangeiro(a);
  3. Plano de estudos, em português, com, no máximo, 15 páginas, com cronograma do plano de atividades, incluindo a infra-estrutura experimental ou laboratorial específica. Deve seguir as normas da ABNT e conter, obrigatoriamente, os itens abaixo:
    a)Título;
    b) Introdução e justificativa, apresentando a atualidade e relevância do tema;
    c) Objetivos, com definição e delimitação clara do objeto de estudo;
    d) Metodologia a ser empregada;
    e) Cronograma das atividades;
    f) Contribuição do plano de estudos para a promoção do ensino, formação e aprendizagem, quando o caso;
    g)Potencial para o aumento da rede de pesquisa e educação, com novas técnicas e parcerias, além de ampla divulgação dos resultados, quando o caso;
    h) Relevância para o desenvolvimento científico e tecnológico da área no Brasil no médio e longo prazos;
    i) Relevância para o desenvolvimento econômico e de bem estar social do Brasil no médio e longo prazos, quando o caso;
    j) Se o plano de estudos prevê/atende às normativas éticas nacionais e internacionais, quando relevante.
    k) Justificativa para a escolha da IES de destino e coorientador no exterior.
    l) Referências bibliográficas;
  4. Termo de Aprovação e Responsabilidade do orientador no Brasil conforme modelo disponível na página do Programa. (ver relação de anexos)
  5. Comprovante válido de proficiência [1] no idioma do país de destino, de acordo com as seguintes exigências: (ver com atenção Edital Nº 47/2017 - Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior 2017/2018 e Retificação - Edital Nº 47/2017 - Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior 2017/2018

                                                                                                                                                                           

  1. Possuir o registro ORCID que fornece um identificador único voltado para a área acadêmica e de pesquisa. O registro é gratuito e pode ser realizado no site https://orcid.org/;
     

 

Período de inscrição da primeira etapa: de 02 a 31 de janeiro de 2018

Inscrições on-line:
http://filosofia.fflch.usp.br/posgraduacao/inscricao/bolsasanduiche 
 

 CALENDÁRIO

Etapas

Datas

Período de Inscrição no Programa de Pós-Graduação em Filosofia

02 a 31 de janeiro de 2018

Seleção Interna pela IES

Até 09 de fevereiro de 2018

Resultado do Programa de Pós-Graduação em Filosofia

07 de fevereiro de 2018

Inscrições na Capes pelos candidatos

De 19 de fevereiro a 23 de março de 2018

Homologação pela IES no sistema da Capes

De 02 de abril a 23 de abril de 2018

Complementação de documentos

Até 60 dias antes da viagem

Início dos estudos no exterior

Agosto a Novembro de 2018

 

ANEXOS

Documentos vigentes

Documentos vigentes – PDSE
Publicação na WEB Nome do documento Formatos disponíveis
12/12/2017 Portaria Nº 186/2017 - Novo Regulamento que estabelece as normas para as modalidades de bolsa no exterior N/D PDF
175kb
N/D
14/07/2016 Termo de Seleção de Candidatura do PDSE DOC
142kb
PDF
131kb
N/D
10/02/2011 Termo de Aprovação e de Responsabilidade DOC
40kb
PDF
14kb
SXW
28kb

Normas e Editais

Edital Nº 47/2017 - PDSE 2017/2018
Publicação na WEB Nome do documento Formatos disponíveis
19/12/2017 Retificação - Edital Nº 47/2017 - Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior 2017/2018 N/D PDF
316kb
N/D
11/12/2017 Edital Nº 47/2017 - Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior 2017/2018 N/D PDF
197kb
N/D

[1] O comprovante de proficiência será exigido no momento da concessão da bolsa, portanto, caso o candidato ainda não o possua, não há a necessidade de envio no momento da inscrição. (atualizado em 27/12/2017)