BRUNO CARVALHO RODRIGUES DE FREITAS

Curso
Doutorado
Orientador
Paulo Eduardo Arantes
Fomento
Fapesp
Título da pesquisa
Sofrimento e crítica da sociedade em Adorno
Resumo da pesquisa

Esta pesquisa pretende estudar a presença da noção de sofrimento no projeto de Theodor Adorno de crítica da cultura e da sociedade, bem como as relações com a sua leitura da psicanálise. Nesse sentido, discutirá a hipótese de que nesse projeto crítico pode-se encontrar como eixo um impulso de crítica de experiências de sofrimento. Se em textos como a Dialética Negativa (1967) e a Teoria Estética (1969) a noção de sofrimento aparece mais claramente – como na reflexão sobre a mutilação dos corpos em Auschwitz e sobre a arte autêntica que dá voz ao acúmulo histórico do sofrimento ao se configurar como cifra de um mundo emancipado –, na produção anterior de Adorno, à exceção de Minima Moralia (1951) - livro em que o sofrimento fora ponto de partida d