Semana de língua alemã - O nó da tradução em filosofia: até onde se pode ser literal?

Versão para impressão
Grupo evento
Márcio Suzuki
Quinta-feira, 6 de abril de 2017, das 19h às 21h
Cartaz e Programação do evento: 
Local: 
CASA GUILHERME DE ALMEIDA
Endereço: 
Anexo | Rua Cardoso de Almeida, 1943 Pacaembu - São Paulo - SP. Fone: 55 11 3673-1883 | 3803-8525

Como parte da Semana de Língua Alemã, promovida pelasrepresentações diplomáticas da Alemanha, da Áustria e da Suíça no Brasil, esta palestra trata de um dos problemas centrais da tradução de textos filosóficos: a literalidade. O que fazer para solucionar casos de conceitos que muitas vezes não encontram correspondentes exatos em português: adaptação, neologismo ou invenção? Além disso, como a filosofia está baseada em argumentação, pode-se alterar a sintaxe do texto original, ou esta deve ser preservada? Até onde é possível manter a estrutura lógica da língua estrangeira? A exposição recorrerá a exemplos concretos, tirados de Kant, Schelling, Nietzsche e Freud.