Ceticismo, Filosofia e História da Filosofia: Homenagem a Oswaldo Porchat

Versão para impressão
De 13 a 16 de agosto de 2018

Transmissão ao vivo:

13 de agosto de 2018 as 14h
mesa de abertura: https://youtu.be/Aj7pkKueF

dia 14 de agosto de 2018 as 14h
mesa 02:  https://youtu.be/M_SPYSDWkFo

dia 15 de agosto de 2018 as 14h
mesa 03: https://youtu.be/WY2yUhmfBjk

dia 16 de agosto de 2018 as 14h
mesa 04: https://youtu.be/QXC6K1JMsW4

Cartaz e Programação do evento: 
Local: 
Sala 014
Endereço: 
Conjunto Didático de Filosofia e Ciências Sociais, Av. Prof. Luciano Gualberto, 315 - Cidade Universitária, São Paulo - SP

13/08

14h: mesa de abertura

José Arthur Giannotti (USP/CEBRAP): “Sobre a Liberdade do Cristão”

Fátima Regina Évora (UNICAMP): “Porchat e a criação do Centro de Lógica, Epistemologia e História da Ciência (CLE) e do Programa de Pós-graduação em Filosofia da UNICAMP: eu era feliz e não sabia”

16h: Intervalo

16h30: Danilo Marcondes de Souza Filho (PUC-RJ/UFF): “Crença, descrença, conversão”

17h45: Vítor Hirschbruch Schvartz (CN-RJ): “Fenômeno e conflito: Sexto contra Porchat”

19h: Paulo Eduardo Arantes (USP): “Uma visão incomum do mundo”

 

14/08

14h: Luiz Antonio Alves Eva (UFABC): “A ataraxía segundo Sexto Empírico”

15h15: Livia Mara Guimarães (UFMG): “Porchat e a identidade pessoal”

16h30: Intervalo

17h: Luiz Fernando Barrére Martin (UFABC): “Hegel crítico do saber imediato e do senso comum”

18h15: Valter Alnis Bezerra (USP): “A revalorização filosófica da vida comum segundo Porchat e o equilíbrio reflexivo em epistemologia”

19h30: “Luiz Henrique Lopes dos Santos (USP/UFRJ): “Aristóteles e a batalha naval: em defesa da assim chamada interpretação tradicional”

 

15/08

14h: Bento Prado Neto (UFSCar): “Sobre o argumento da loucura de Porchat”

15h15: Paulo Francisco Estrella Faria (UFRGS): “‘Verdade’, ‘assentimento’ e outros signos rememorativos”

16h30: Intervalo

17h: Roberto Horácio de Sá Pereira (UFRJ): “Contra o Neopirronismo”

18h15: Raul Ferreira Landim Filho (UFRJ): “A percepção sensível em Descartes: as ‘ideias’ sensíveis são representações?

19h30: Marilena de Souza Chaui (USP): “Anatomia e terapia da mente humana do De emendatione de Espinosa”

 

16/08

14h: Lucas Angioni (UNICAMP): “Aristóteles e a necessidade dos analíticos”

15h15: Marco Antônio de Ávila Zingano (USP): “Porchat e o caminho aos princípios”

16h30: Intervalo

17h: Renato de Andrade Lessa (PUC-RJ): “O conflito das filosofias: uma perspectiva da filosofia política”

18h15: Plínio Junqueira Smith (UNIFESP): Neopirronismo: rústico ou urbano?”