II Interdisciplinary Workshop “Critical Theory Goes Global”: Latin America in Focus / II Workshop Interdisciplinar Teoria crítica no mundo: América Latina em Foco

Versão para impressão
13 e 15/JUN/2019

Prezados interessados,

alertamos para a alteração do dia do evento antes marcado para dia 14, para sábado, dia 15. Comunicamos ainda, que a ENTRADA NAS DEPENDÊNCIAS DO EDIFÍCIO É PERMITIDA SOMENTE ATÉ ÀS 14H00 NO SÁBADO.

 

Convidados: Ana Claudia Lopes Silveira, John Abromeit, Jorge de Almeida, Karin Stögner, Luis I. Garcia, Luiz Repa, Rúrion Melo, Stefan Gandler, Yara Frateschi. 

Organização: Luiz Repa, Rúrion Melo, Bruno Klein, Gabriel Kugnharski, Lucas Souza, Mariana Fidelis, Simone Fernandes, Renata Guerra
 

Cartaz e Programação do evento: 
Local: 
Sala 008
Endereço: 
Conjunto Didático de Filosofia e Ciências Sociais, Av. Prof. Luciano Gualberto, 315 - Cidade Universitária, São Paulo - SP

Trabalhos aprovados

Bolívar Echeverría: Ethos barroco y valor de uso
César Miguel Salinas Ramos

Trabalho e reconhecimento: uma crítica ao modelo de Axel Honneth em O direito da liberdade
Felipe Gretschischkin

Octavio Paz, Roberto Schwarz e as ideias fora do lugar: uma leitura cruzada
Felipe Ribeiro

Por uma crítica das aproximações entre marxismo e teologia, ou: Walter Benjamin, proto-teólogo da libertação?
Fernando Del Lama

“Cultura de massas” e “indústria cultural”: uma tentativa de aproximação entre Antonio Candido e a Escola de Frankfurt
Gabriel dos Santos Lima

Apontamentos históricos sobre as relações entre Psicologia e Teoria Crítica daSociedade: confluências e tensões
Luciana Dadico

Entre direita e esquerda: concepções críticas sobre o populismo e fascismo
Mirian Monteiro Kussumi

Usos da teoria crítica por Roberto Schwarz: crítica negativa na periferia capitalista
Rafael Marino

 

PROGRAMAÇÃO

13 de junho
Mesa 1 — 9h30-12h00
Mediação: Ana Claudia Lopes Silveira (Filosofia/UNICAMP)

Apontamentos históricos sobre as relações entre Psicologia e Teoria Crítica da Sociedade: confluências e tensões
Luciana Dadico (Psicologia/USP)

Trabalho e reconhecimento: uma crítica ao modelo de Axel Honneth em O direito da liberdade
Felipe Gretschischkin (Ciência Política/USP)

Entre direita e esquerda: concepções críticas sobre o populismo e fascismo
Mirian Monteiro Kussumi (Filosofia/PUC-RJ)

Por uma crítica das aproximações entre marxismo e teologia, ou: Walter Benjamin, proto-teólogo da libertação?
Fernando Del Lama (Filosofia/USP)

14h30
Walter Benjamin in Argentina. A paradoxical constellation
Luis Ignacio Garcia (UNC)

15h15
Panel The Brazilian reception of Seyla Benhabib’s work: 
Gender, race, and class in Angela Davis and Seyla Benhabib
Yara Frateschi (UNICAMP)

Anti-normativism, skirts, and untranslatables
Ana Claudia Lopes Silveira (UNICAMP)

16h45 Coffee Break

17h15
New Researches on the Public Sphere in Brazil
Rúrion Melo (USP)

18h00
Roberto Schwarz and the Brazilian dialectic of enlightenment
Luiz Repa (USP)

18h45 Coffee Break

19h00
For a critical Theory from the Americas
Stefan Gandler (UNAM)

 

15 de junho 
Mesa 2 — 9h30-12h00
Mediação: Leonardo Octavio Belinelli de Brito (Ciência Política/USP)

“Cultura de massas” e “indústria cultural”: uma tentativa de aproximação entre Antonio Candido e a Escola de Frankfurt
Gabriel dos Santos Lima (Letras/USP)

Usos da teoria crítica por Roberto Schwarz: crítica negativa na periferia capitalista
Rafael Marino (Ciência Política/USP)

Octavio Paz, Roberto Schwarz e as ideias fora do lugar: uma leitura
Felipe Ribeiro (Filosofia/UFABC)

Bolívar Echeverría: ethos barroco y valor de uso
César Miguel Salinas Ramos (Filosofia/UFOP)

14h30
Misplaced Ideas and Displaced Experience: Critical Theory and Brazilian Literary Criticism
Jorge de Almeida (USP)

15h15
Panel New researches on Critical Theory: 
Nietzsche’s reception and the subjective aspects of social domination in Horkheimer’s critical theory from the 1930s
Simone Bernardete Fernandes (USP)

Identity and suffering in Adorno
Gabriel Kugnharski (USP)

The German artist novel: art and utopia in the young Marcuse
Cibele Kunz (USP)

16h45 Coffee Break

17h15
Martin Jay’s Habermasian Interpretation of the History of Critical Theory
John Abromeit (SUNY Buffalo State)

18h00
Feminist critical theory and question of universalism — Feminist Contentions re-visited
Karin Stoegner (GU)