Horário de atendimento ao público da secretaria do Departamento de Filosofia no período de férias

De 12 a 17 de dezembro de 2018: das 10h às 19h.
De 18 de dezembro de 2018 a 15 de fevereiro de 2019: das 09h às 18h.


Alberto Ribeiro Gonçalves de Barros

Versão para impressão
Alberto Ribeiro

lattea Curriculum lattes
 e-mail:  abarros@usp.br 
 

Histórico Acadêmico 

  • 2013 Livre-Docente  em Filosofia pela Universidade de São Paulo. 
    Título: Republicanismo inglês: a liberdade em John Milton, Marchamont Nedham e James Harrington
  • 2009 Pós-Doutorado pela University of London
  • 1999 Doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo
    Título do trabalho: Direito e Poder em Jean Bodin
    Orientação: Prof. Dr. Rolf Nelson Kuntz
  • 1992 Mestrado em Filosofia pela Universidade de São Paulo
    Título do trabalho: A teoria da soberania em Jean Bodin
    Orientação: Prof. Dr. Rolf Nelson Kuntz
  • 1988 Graduação em Filosofia pela Universidade de São Paulo
  • 1984 Graduação em Administração pela Faculdade de Administração de São Paulo

Linha de Pesquisa

Ética e Filosofia Política

Epistemologia da Política e do Direito
 

Pesquisas em desenvolvimento

2018 – Atual – A concepção neorrepublicana de liberdade política

Descrição: A pesquisa pretende avaliar a concepção de liberdade política proposta pelos dois principais expoentes do neorrepublicanismo: Quentin Skinner e Philip Pettit. Esta concepção tem sido apresentada por ambos como proveniente da tradição republicana e como alternativa à dicotomia entre liberdade negativa e positiva, dominante no debate político contemporâneo. A intenção é discutir se esta concepção corresponde ao significado que o republicanismo historicamente atribuiu ao conceito de liberdade e se ela realmente se diferencia da liberdade negativa e da liberdade positiva. A hipótese é de que ela se distancia de tal modo de algumas matrizes do republicanismo moderno que perde seu vínculo com uma parte relevante da tradição republicana. Ao fazê-lo, ela deixa de ser uma alternativa e torna-se uma modalidade de liberdade negativa, aproximando-se demasiadamente da concepção liberal.. 

2013 – 2017 – A liberdade republicana: Sidney e a liberdade como ausência de dominação

Descrição: A pesquisa tem a intenção de analisar a concepção republicana de liberdade encontrada nos escritos políticos de Algernon Sidney, comparando-a com as concepções de liberdade encontradas nos escritos políticos de Thomas Hobbes e John Locke. Pretende também discutir se esta concepção de liberdade republicana escapa da dicotomia consagrada pelo pensamento liberal entre liberdade negativa e liberdade positiva ou se ela é apenas uma variação de uma delas.. 
 

A concepção neorrepublicana de liberdade política
Resumo: A pesquisa pretende avaliar a concepção de liberdade política proposta pelos dois principais expoentes do neorrepublicanismo: Quentin Skinner e Philip Pettit. Esta concepção tem sido apresentada por ambos como proveniente da tradição republicana e como alternativa à dicotomia entre liberdade negativa e positiva, dominante no debate político contemporâneo. A intenção é discutir se esta concepção corresponde ao significado que o republicanismo historicamente atribuiu ao conceito de liberdade e se ela realmente se diferencia da liberdade negativa e da liberdade positiva. A hipótese é de que ela se distancia de tal modo de algumas matrizes do republicanismo moderno que perde seu vínculo com uma parte relevante da tradição republicana. Ao fazê-lo, ela deixa de ser uma alternativa e torna-se uma modalidade de liberdade negativa, aproximando-se demasiadamente da concepção liberal.. 

 

Orientações em andamento

Graduação

Carolina Dalla Pacce
Pesquisa: O conceito de democracia em Robert Dahl
Agência financiadora: CNPq

Mestrado

Éliton Dias da Silva
Pesquisa:  
Agência financiadora:

Doutorado

Alessandra Tsuji
Pesquisa: O governo civil no "Segundo Tratado sobre o Governo" de John Locke
Agência financiadora: S/B

Christiane Cardoso Ferreira
Pesquisa: A relação entre as paixões, os desejos e os humores no pensamento político de Maquiavel
Agência financiadora:

Cleber Ranieri Ribas de Almeida
Pesquisa: A Questão Social Segundo Hannah Arendt: Da Zoologia à Teologia da Compaixão
Agência financiadora: S/B

Gustavo Hessmann Dalaqua
Pesquisa: Os limites do agonismo: representação, conflito e consenso na teoria democrática de J. S. Mill
Agência financiadora: FAPESP

Manoel Coracy Saboia Dias
Pesquisa: A filosofia política em Paul Ricouer
Agência financiadora: DINTER/CAPES/USP/UFAC

Rodrigo Violante Spagno
Pesquisa: Ciência política como ciência histórica em David Hume. Ou: Ideia de uma república perfeita
Agência financiadora:CAPES


Pós-Doutorados

Adriana Carvalho Novaes
Pesquisa: Ariadne e o novo labirinto: a interpretação do pensamento político moderno para o pós-guerra por Hannah Arendt
Agência financiadora: S/B

Roberta K. Soromenho Nicolete
Pesquisa: O rei deve tudo à nação”: os discursos da autoridade política entre os patriotas na França pré-revolucionária
Agência financiadora: S/B