Edital Pós-Graduação 2017

Versão para impressão

 baixar arquivo

Estarão abertas as inscrições para o preenchimento de vagas nos cursos de Mestrado e de Doutorado junto ao Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, para INGRESSO NO ANO DE 2017. Além dos requisitos gerais do Regimento da Pós-Graduação da USP e das Normas e Procedimentos da Pós-Graduação na FFLCH (http://pos.fflch.usp.br/), o Programa de Pós-Graduação em Filosofia faz exigências próprias, especificadas no presente Edital, homologado pela Comissão Coordenadora do Programa (CCP).
 
Etapa 1
Da inscrição:
É condição básica, para matrícula no Curso de Pós-Graduação da FFLCH – Área de Filosofia, a conclusão de curso de graduação.
O candidato diplomado em curso de curta duração, ou em cursos livres, não terá direito à inscrição.
O aluno que obtiver o título de Mestre e quiser prosseguir seus estudos com vistas ao Doutorado deverá submeter-se a novo processo seletivo, obedecidas as exigências regulamentares.
O processo seletivo divide-se em duas etapas:
 
  1. Prova de proficiência em idioma estrangeiro e prova dissertativa de avaliação de conhecimentos;
  2. Os aprovados nessas duas provas passam para a segunda etapa que consiste na arguição com a banca examinadora da área, que avaliará o curriculum do candidato, o projeto de pesquisa e outras atividades do candidato.

As inscrições devem ser feitas apenas pelo sistema on-line no site: http://filosofia.fflch.usp.br/posgraduacao/inscricao/2017, no período de 01 a 05 de agosto, encerrando-se às 19 horas do dia 05 de agosto de 2016.


Ao inscrever-se, o candidato indicará apenas a área na qual pretende realizar sua pesquisa, com base na lista de professores credenciados pelo Programa que abrirão vagas para este processo de seleção. A lista se encontra no final deste edital.


Maiores informações: Departamento de Filosofia, Conjunto Didático de Filosofia e Ciências Sociais, sala 1007. Av. Prof. Luciano Gualberto, 315 – Cidade Universitária – São Paulo – SP, CEP 05508-010 e-mail: inscr.posdf@usp.br Telefone: (11) 3091-3761 / 3091.3709 / 3091.3765 – Horário de atendimento: das 09h00 às 20h00. 


Documentos exigidos para inscrição: Os seguintes documentos deverão ser digitalizados (frente e verso) e anexados em formato PDF no sistema de inscrição on-line:
 
1. Comprovantes da Graduação.
  1. Diploma de Graduação ou, na falta deste, o Certificado de Conclusão do Curso Superior, com data de colação de Grau (cópia simples; em ambos os casos, todas as faces do documento no mesmo arquivo PDF)
  2. Histórico Escolar de Graduação (cópia simples); em que conste a data da colação de grau. O candidato que não tiver concluído Curso Superior no ato da inscrição para este processo seletivo deverá dar ciência durante o preenchimento do formulário de inscrição on-line, pelo qual se compromete a apresentar documento comprobatório de colação de grau até o último dia reservado à matrícula de ingressantes na pós-graduação da FFLCH/USP, previsto no Calendário Escolar a ser divulgado no endereço: pos.fflch.usp.br.[**]

    Obs.: Caso não entregue a documentação comprobatória, a sua inscrição será automaticamente cancelada.
2. Projeto de Pesquisa. Deverá ter entre 15 e 25 páginas (fontes: Arial, Calibri ou Times New Roman 12, espaçamento 1,5). Os itens do projeto que serão avaliados são: objetivos, problemática, justificativa e fundamentação teórico-metodológica da investigação. Na capa do projeto de pesquisa deverá somente constar o nome do candidato e área na qual pretende realizar sua pesquisa. A bibliografia apresentada deve ser aquela que o candidato julga necessária para o desenvolvimento do projeto.


Observação: É concedida, exclusivamente aos candidatos ao Mestrado na área de Lógica, a possibilidade de apresentar, em vez de um projeto de pesquisa, um plano de trabalho indicando seus estudos prévios na área e discorrendo sobre temas e/ou problemas que os interessaram especialmente e sobre os quais pretendem desenvolver estudo aprofundado.
 
3. Currículo Vitae (sem comprovantes) - ou de preferência o CV Lattes, ou similar para estrangeiro;
4. Cópia de Carteira de Identidade  e do CPF.  No caso de estudante estrangeiro, anexar cópia do passaporte. Se o candidato for aprovado, é obrigatória a apresentação, no período da matrícula, do Registro Nacional de Estrangeiros (RNE) com data válida.
5. Cópia comprovante do pagamento da taxa de inscrição. A emissão do respectivo boleto estará disponível no site http://pos.fflch.usp.br/node/317 durante o período de inscrição.
6. Diploma do Mestrado (só para as inscrições para Doutorado dos candidatos que obtiveram seus títulos fora da USP). Obrigatório constar do verso do diploma a Portaria de Credenciamento da CAPES.
 
OBS:
  1. Para candidatos que estiverem concluindo o curso de Mestrado fora da USP: Não será possível regularizar a matrícula no curso de Doutorado sem a apresentação do Diploma de Mestrado, ou, na falta deste, acesse http://pos.fflch.usp.br/node/317 para imprimir o modelo da declaração a ser expedida pela Universidade de origem (todos os dados devem ser informados).
  2. Para os mestrandos USP, o candidato que não tiver concluído o Mestrado no ato da inscrição para este processo seletivo deverá dar ciência durante o preenchimento do formulário de inscrição on-line, após a defesa, o título de Mestre é gerado automaticamente pelo Sistema Janus, estando, portanto aptos a inscrever-se e serem matriculado no curso de Doutorado.[***]
  3. No caso de Diploma de Mestre obtido em Universidades estrangeiras, o prazo para a obtenção da aprovação da Equivalência do Título junto à USP é o último dia do período reservado à matrícula dos alunos ingressantes previsto no Calendário Escolar (acesse http://pos.fflch.usp.br/node/317). O pedido deverá ser solicitado com a devida antecedência acesse http://pos.fflch.usp.br/node/13261
 
Fica o estabelecido último dia reservado à matrícula de ingressantes na pós-graduação, previsto no Calendário Escolar (acesse http://pos.fflch.usp.br/node/317) para a entrega de documentos pendentes. Caso não entregue o documento comprobatório da defesa do Mestrado a sua inscrição será automaticamente cancelada.
 
7. Comprovante de Proficiência em Língua estrangeira (se houver)
Poderão ser aceitos exames externos e acordo com o quadro abaixo, com validade de até 5 (cinco) anos até a data de inscrição do estudante no exame de proficiência aplicado pelo Programa.
 
Tabela de equivalência do Quadro Europeu Comum de referência para as línguas
 
ALTE level Nível 3
CEFR level B2
NQF (UK Only) Level 1
Versant 58-68
PTE General (formerly LTE) Level 3
Goethe Institute Goethe Zertifikat B2 [*] 
CIEP / Alliance française diplomas TCF B2 / DELF B2 / Diplôme de Langue
Cambridge exam FCE
IELTS IELTS 5.0-6.0
CEFLA CEFLA B2
UNIcert (different languages) Intermedio
TOEIC UNIcert II
TORFL 650 - 800 points
DCL Certification II
TOEFL ITP[1] 543-628 pontos
TOEFL IBT[1] 87-109 pontos
 

 Etapa 2 
Da seleção:
A Comissão Coordenadora do Programa (CCP) indicará tanto os professores do programa responsáveis pela preparação e correção das provas de filosofia e de proficiência em língua estrangeira quanto as Bancas Examinadoras por área. As Bancas Examinadoras serão divulgadas no mesmo dia da divulgação do resultado das provas de filosofia e de proficiência em língua estrangeira. Elas são responsáveis pela leitura e arguição dos projetos de pesquisa, currículos, históricos escolares e outros documentos pertinentes e pela seleção final dos candidatos.


Para o curso de Mestrado, o candidato deverá:
  1. ser aprovado em prova específica de filosofia, de caráter eliminatório, com duração de 4 horas, para a qual o candidato deve escolher um entre cinco pontos propostos no momento da prova. Nesta prova, busca-se aferir o domínio que o candidato tem de analisar problemas filosóficos. Será aprovado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 5 (cinco) em uma escala de 0 a 10. A aprovação na prova específica de filosofia tem validade de 3 anos;
  2. ser aprovado no exame de proficiência em uma língua estrangeira, com duração de 3 horas, aplicada pelo próprio programa, de caráter eliminatório. Será aprovado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 5 (cinco) em uma escala de 0 a 10. A aprovação na prova de língua estrangeira tem validade de 5 anos;
  3. ser aprovado na arguição realizada pela Banca Examinadora da área escolhida, caso tenha sido previamente aprovado nas provas específicas de filosofia e de proficiência em língua estrangeira.
Nesta arguição, serão avaliadas com base no Curriculum Vitae/Lattes:
  1.  as atividades profissionais;
  2.  as participações em eventos de natureza acadêmica; e
  3.  as publicações do candidato, a cada item correspondendo um máximo de 5 pontos;
Com base no projeto de pesquisa apresentado, serão avaliados:
  1. o tema proposto;
  2. o domínio demonstrado pelo candidato para o tratamento do tema proposto; e
  3. a relevância do tema proposto para sua formação em filosofia, a cada item correspondendo um máximo de 5 pontos.
Serão ainda avaliados:
  1. os trabalhos anteriores; e
  2. as pesquisas em que se encontra atualmente engajado o candidato, a cada item correspondendo um máximo de 10 pontos.
O candidato que obtiver pelo menos 25 pontos na arguição estará apto a ser designado pela CCP como novo membro discente do programa respeitado o número de vagas oferecidas pelas áreas anunciadas no Edital.
 


Para o curso de Doutorado, com título de Mestre, o candidato deverá:
  1. ser aprovado em prova específica de filosofia, de caráter eliminatório, com duração de 4 horas, para a qual o candidato deve escolher um entre cinco pontos propostos no momento da prova. Nesta prova, busca-se aferir o domínio que o candidato tem de analisar problemas filosóficos. Será aprovado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 6 (seis) em uma escala de 0 a 10. A aprovação na prova específica de filosofia tem validade de 3 anos;
  2. ser aprovado no exame de proficiência em duas línguas estrangeiras, com duração de 3 horas, aplicada pelo próprio programa, de caráter eliminatório. Será aprovado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 6 (seis) em uma escala de 0 a 10. A aprovação na prova de língua estrangeira tem validade de 5 anos;
  3. ser aprovado na arguição realizada pela Banca Examinadora da área escolhida, caso tenha sido previamente aprovado nas provas específicas de filosofia e de proficiência em língua estrangeira.
Nesta arguição, serão avaliadas com base no Curriculum Vitae/Lattes:
  1. as atividades profissionais;
  2. as participações em eventos de natureza acadêmica; e
  3. as publicações do candidato, a cada item correspondendo um máximo de 5 pontos. 
Com base no projeto de pesquisa apresentado, serão avaliados:
  1. o tema proposto;
  2. o domínio demonstrado pelo candidato para o tratamento do tema proposto; e
  3. a relevância do tema proposto para sua formação em filosofia, a cada item correspondendo um máximo de 5 pontos.
Serão ainda avaliados:
  1. os trabalhos anteriores; e
  2. as pesquisas em que se encontra atualmente engajado o candidato, a cada item correspondendo um máximo de 10 pontos.
O candidato que obtiver pelo menos 35 pontos na arguição estará apto a ser designado pela CCP como novo membro discente do programa respeitado o número de vagas oferecidas pelas áreas anunciadas no Edital.
 


Para o curso de Doutorado Direto, sem título de Mestre, o candidato deverá:
  1. ser aprovado em prova específica de filosofia, de caráter eliminatório, com duração de 4 horas, para a qual o candidato deve escolher um entre cinco pontos propostos no momento da prova. Nesta prova, busca-se aferir o domínio que o candidato tem de analisar problemas filosóficos. Será aprovado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 7 (sete) em uma escala de 0 a 10. A aprovação na prova específica de filosofia tem validade de 3 anos;
  2. ser aprovado no exame de proficiência em duas línguas estrangeiras, com duração de 3 horas, aplicada pelo próprio programa, de caráter eliminatório. Será aprovado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 7 (sete) em uma escala de 0 a 10. A aprovação na prova de língua estrangeira tem validade de 5 anos;
  3. ser aprovado na arguição realizada pela banca examinadora da área escolhida, caso tenha sido previamente aprovado nas provas específicas de filosofia e de proficiência em língua estrangeira.
Na arguição, serão avaliadas com base no Curriculum Vitae/Lattes:
  1. as atividades profissionais;
  2. as participações em eventos de natureza acadêmica; e
  3. as publicações do candidato, a cada item correspondendo um máximo de 5 pontos.
Com base no projeto de pesquisa apresentado, serão avaliados:
  1. o tema proposto;
  2. o domínio demonstrado pelo candidato para o tratamento do tema proposto; e
  3. a relevância do tema proposto para sua formação em filosofia, a cada item correspondendo um máximo de 5 pontos.
Serão ainda avaliados:
  1. os trabalhos anteriores; e
  2. as pesquisas em que se encontra atualmente engajado o candidato, a cada item correspondendo um máximo de 10 pontos.
O candidato que obtiver pelo menos 40 pontos na arguição estará apto a ser designado pela CCP como novo membro discente do programa respeitado o número de vagas oferecidas pelas áreas anunciadas no Edital. 


Calendário e Informações para as Provas de Seleção:


Prova de Proficiência em Língua Estrangeira: dia 05 de setembro de 2016 às 14h00 - Salas 111 e 117
  • A aprovação no exame de proficiência em língua estrangeira é condição necessária para o acesso ao Programa de Pós-Graduação.
  • O candidato será aprovado se for considerado, pelo programa, como apto a compreender e traduzir um texto filosófico na língua original, de acordo o nota mínima exigida ao nível em estiver inscrito (Mestrado, Doutorado ou Doutorado Direto).
  • São aceitas somente as seguintes línguas modernas: inglês, francês, alemão e italiano.
  • O candidato poderá usar dicionários impressos.
  • Não será permitido o manuseio de qualquer equipamento eletrônico ou se comunicar com outro candidato durante a prova.
  • Equipamentos deverão ser desligados e entregues aos supervisores na mesa da prova. Eles serão lacrados em envelope identificado e devolvidos no final da prova com apresentação de documento oficial do candidato;
  • Se algum candidato fizer uso de qualquer equipamento eletrônico será desclassificado do processo seletivo.
  • O resultado auferido na Prova de proficiência em língua estrangeira vale exclusivamente para o Programa de Pós-Graduação em Filosofia da USP, não gozando, portanto, de validade além do âmbito do processo seletivo em questão.
 
Prova Específica de Filosofia: dia 06 de setembro de 2016 às 14h00 - Salas 111 e 117
  • Na prova específica de filosofia, será aferido o domínio que o candidato tem de analisar problemas filosóficos. À exceção da área de Teoria do Conhecimento e Filosofia da Ciência (consultar o quadro das áreas para requisitos solicitados), não haverá bibliografia específica para esta prova;
  • O candidato deverá escolher um entre cinco pontos propostos no momento da prova, com exceção dos candidatos das áreas de Lógica e de Teoria do Conhecimento que deverão responder o ponto específico proposto por estas áreas (consultar o quadro das áreas para requisitos solicitados).
  • O candidato não poderá realizar consultas a nenhum tipo de publicação ou anotações.
  • Não será permitido o manuseio de qualquer equipamento eletrônico ou se comunicar com outro candidato durante a prova;
  • Equipamentos deverão ser desligados e entregues aos supervisores na mesa da prova. Eles serão  lacrados em envelope identificado e devolvidos no final da prova com apresentação de documento oficial do candidato;
  • Se algum candidato estiver fazendo uso de qualquer equipamento eletrônico será desclassificado do processo seletivo;
 
IMPORTANTE: Os projetos e planos de trabalho somente serão avaliados pelas Bancas Examinadoras quando da aprovação do candidato nas provas de filosofia e de proficiência em língua estrangeira. 
 
Etapa3
Das vagas:
 
O Programa de Pós-Graduação em Filosofia disponibiliza neste processo de seleção um total de 96 (noventa e seis) vagas, para os cursos de Mestrado e de Doutorado. O preenchimento das vagas dependerá da aprovação dos candidatos nos termos estabelecidos por este Edital, em função das vagas disponibilizadas e da decisão soberana das Bancas Examinadoras.
 
Bolsas de estudo: O Programa não garante bolsa de estudos para os candidatos selecionados. A oferta de bolsas dependerá da disponibilidade das agências financiadoras; e sua alocação obedecerá edital específico para este fim.
 
Todas as etapas do processo seletivo serão divulgadas na página do Departamento de Filosofia  no endereço eletrônico (http://filosofia.fflch.usp.br/posgraduacao/inscricoes), conforme previsto no cronograma que segue abaixo.
 


Cronograma:
  • 22 de agosto de 2016 – Divulgação do deferimento das inscrições;
  • 22 de agosto de 2016 – Divulgação da lista com as dispensas das provas;
  • 05 de setembro de 2016 – Prova de Proficiência em Língua Estrangeira;
  • 06 de setembro de 2016 – Prova de Filosofia
  • 03 de outubro de 2016 – Divulgação do resultado das provas de filosofia e de proficiência em língua estrangeira.
  • 03 de outubro de 2016 – Divulgação da composição das Bancas Examinadoras de cada área
  • 03 a 05 de outubro de 2016– Período de recebimento de recursos;
  • 17 a 27 de outubro de 2016 – Período das arguições pelas Bancas Examinadoras.
  • 29 de novembro de 2016 – Divulgação do resultado Final.



Lista de professores credenciados pelo Programa por área que abrirão vagas para este processo de seleção


Área de História da Filosofia Antiga = 08  (oito) vagas
  • Evan Robert Keeling
  • Luiz Henrique Lopes dos Santos
  • Marco Antônio de Ávila Zingano
  • Roberto Bolzani Filho
 Área de História da Filosofia Medieval = 06 (seis) vagas
  • Carlos Eduardo de Oliveira
  • José Carlos Estêvão
  • Lorenzo Mammì
 Área de História da Filosofia Moderna I =   04 (quatro) vagas
  • Homero Silveira Santiago
  • Luís César Guimarães Oliva
  • Tessa Moura Lacerda
 Área de História da Filosofia Moderna II =  06 (seis) vagas
  • Maria Lúcia Mello e Oliveira Cacciola
  • Mauricio Cardoso Keinert
  • Pedro Paulo Pimenta
 Área de História da Filosofia Contemporânea = 09 (nove) vagas
  • Alex de Campos Moura
  • Eduardo Brandão
  • Marcus Sacrini Ayres Ferraz
Área de Estética = 16 (dezesseis) vagas
  • Celso Fernando Favaretto
  • Léon Kossovitch
  • Luiz Fernando Batista Franklin de Matos
  • Márcio Suzuki
  • Marco Aurélio Werle
  • Oliver Tolle
  • Victor Knoll
 
Área de Ética e Filosofia Política = 12 (doze) vagas
  • Alberto Ribeiro Gonçalves de Barros
  • Maria das Graças de Souza 
  • Renato Janine Ribeiro
  • Rolf Nelson Kuntz
  • Sérgio Cardoso
  • Silvana de Souza Ramos
 
Área de Filosofia da Linguagem =  02 (duas) vagas
  • João Vergilio Gallerani Cuter
 
Área de Filosofia Geral = 04 (quatro) vagas
  • Paulo Eduardo Arantes
 
Área de Lógica = 08 (oito) vagas
  • Edélcio Gonçalves de Souza
  • Rodrigo Bacellar da Costa e Silva
 
Outros Requisitos Solicitados:
a.  É concedida, exclusivamente aos candidatos ao Mestrado na área de Lógica, a possibilidade de apresentar, em vez de um projeto de pesquisa, um plano de trabalho indicando seus estudos prévios na área e discorrendo sobre temas e/ou problemas que os interessaram especialmente e sobre os quais pretendem desenvolver estudo aprofundado.
 
b.  Requer-se do candidato à área de Lógica bons conhecimentos de língua inglesa (independentemente da língua específica escolhida para a prova de proficiência).
 
c.  Sobre a prova de conhecimento (mestrado e doutorado): Os candidatos à área de Lógica devem obrigatoriamente responder às questões específicas da área, as quais envolvem conhecimento de conceitos e técnicas básicas de lógica formal clássica (proposicional e de predicados).
Os candidatos à área de Lógica devem obrigatoriamente responder às questões específicas da área, as quais envolvem conhecimento de conceitos e técnicas básicas de lógica formal clássica (proposicional e de predicados).


Área de Teoria das Ciências Humanas =  07 (sete) vagas
  • Luiz Sérgio Repa
  • Ricardo Ribeiro Terra
  • Vladimir Pinheiro Safatle
 
Área de Teoria do Conhecimento e Filosofia da Ciência = 14 (quatorze) vagas
  • Caetano Ernesto Plastino
  • José Raimundo Novaes Chiappin
  • Marcos Barbosa de Oliveira
  • Maurício de Carvalho Ramos
  • Osvaldo Frota Pessoa Júnior
  • Pablo Rubén Mariconda
  • Valter Alnis Bezerra
Outros Requisitos Solicitados: As leituras preparatórias para a prova de filosofia da área de Teoria do Conhecimento e Filosofia da Ciência devem cobrir os seguintes textos:
  1. Duhem, Pierre. A teoria física: seu objeto e sua estrutura. Trad. R.S. Costa. Rio de Janeiro: Ed. UERJ, 2014. Ler parte II, caps. 4-7, pp. 183-317.
  2. Hacking, Ian. Representar e intervir. Trad. P. Rocha. Rio de Janeiro: Ed. UERJ, 2012.
  3. Popper, Karl R. Textos escolhidos. Org. D. Miller. Trad. V. Ribeiro. Rio de Janeiro: Contraponto / Ed. PUC-Rio, 2010. Ler partes I e II, caps. 1-15, pp. 25-203.
 
 Etapa 4
Da Matrícula:
  • Os candidatos inscritos para Doutorado, cujos títulos de Mestre foram obtidos em Universidades estrangeiras, deverão ter seus títulos reconhecidos até o último dia do período reservado para matrícula dos alunos ingressantes, conforme calendário escolar.
  • Os candidatos que obtiveram seu título de Mestre em Universidades brasileiras (exceto a USP) deverão apresentar o respectivo Diploma até o último dia de matrícula para alunos ingressantes, previsto no Calendário.
  • Os candidatos que não apresentarem o Diploma de Mestre (de Universidades brasileiras, exceto a USP) ou o resultado de Processo de equivalência de título ou reconhecimento de Diploma (se o título foi obtido em universidade estrangeira) até último dia de matrícula para alunos ingressantes, previsto no Calendário, serão desclassificados.
  • Os candidatos estrangeiros devem apresentar situação regular de visto e/ou documento de residência no momento da matrícula.
  • Os candidatos estrangeiros deverão demonstrar proficiência em língua portuguesa, conforme critérios estabelecidos nas normas da Pós-Graduação da FFLCH, aprovadas pela CPG, a saber:
a)Apresentação do Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (CELPE-Bras), no nível intermediário, fornecido pela Secretaria de Educação Superior, Ministério da Educação do Brasil, ou
 
b)Exame de proficiência em português, aplicado pelo Centro Interdepartamental de Línguas da FFLCH USP, sendo a nota mínima exigida igual a 07 (sete).
Obs.: A apresentação da documentação que comprove a proficiência deverá  ocorrer em até 365 dias após o início da contagem de prazo do aluno no curso de Mestrado ou de Doutorado.


Outros exames poderão ser analisados pela CCP mediante solicitação do estudante.

Av. Prof. Luciano Gualberto, 315 CEP: 05508-010 - Cidade Universitária São Paulo - SP / Brasil


[*] atualizado em 15/07/2016
[**]corrigido em 26/07/2016
[***]corrigido em 26/07/2016