Eduardo Brandão

Eduardo Brandão
Afiliação acadêmica
Professor Doutor
Especialização
História da Filosofia Contemporânea
E-mail
edubrand@usp.br

Histórico Acadêmico

  • 2004 Professor Doutor em Filosofia da Universidade de São Paulo
  • 2002 Doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo
    Título do trabalho: O Conceito de Matéria na Obra de Schopenhauer 
    Orientação: Profª Drª Maria Lúcia Mello e Oliveira Cacciola
  • 1997 Mestrado em Filosofia pela Universidade de São Paulo
    Título do trabalho: Causalidade e Perspectiva na Obra de Maturidade de Nietzsche
    Orientação: Profª Drª Scarlett Zerbetto Marton
  • 1991 Graduação em Filosofia pela Universidade de São Paulo
  • 1990 Graduação em Engenharia Naval pela Universidade de São Paulo

Pesquisa em desenvolvimento

Schopenhauer, Nietzsche e a noção de atividade
Resumo: A noção de atividade é uma crucial no Idealismo Alemão. Esta pesquisa busca explorar a importância do conceito no interior da metafísica alemã a partir de Kant, com especial ênfase nas obras de Schopenhauer e Nietzsche. Seu objetivo, com isso, é determinar certos limites para a compreensão da noção de vontade de poder, com vistas a explicar algumas interpretações de Nietzsche estabelecidas ao longo do século XX.